hoje

chega, abre o portão, anda até a entrada, sobe as escadas, ‘bom dia, tudo bem?’, ‘tudo, e vc?’, ‘tudo!’, entra na sala, abre as janelas, pega o copo, sai da sala, enche o copo, volta, bebe água, pega a agenda, [o que precisa fazer hoje?], creminho nas mãos, chapstick nos lábios, ‘good morning, ju!’, ‘good morning, sweetie, how are you?’, ‘good, and you?’, ‘good, vou descer pra colar as cenouras na entrada que a dona coordenadora pediu pra eu fazer isso hoje, vai terminando de passar cola nas cestinhas e me encontra no portão, tá? tchau!’, ‘tchau’, desce as escadas, vai até a porta, cola uma cenoura, cola duas cenouras, cola a terceira cenoura.

entra o primeiro carro no estacionamento, [deve ser o eduardo], é o eduardo, ‘good morning, dudu!’, primeiro abraço do dia, acabou a massinha da pritt, usa fita crepe da 3M, corta, corta, cola, cola, quarta cenoura, [ai, caralho, essa porra dessa fita não cola na merda do vidro da porta], eduardo tá curtindo o estacionamento com a mãe, sussa, entra na escola, esbarra na coordenadora, [graçasadeus], ‘coordenadora, tem mais massinha? tentei colar as cenouras com fita crepe mas a fita não gruda no vidro.’, ‘tem, pede pra secretaria.’, ‘secretaria, me dá massinha pra eu colar as cenouras na porta?’, ‘cabou.’, ‘cordenadoooooora, não tem mais massiiiiiiiinha!’, coordenadora faz cara de ódio da vida, gosta quando a chefe faz cara de ódio. se sente mais próxima dela. [deve fazer essa cara umas 15 vezes por manhã]. sorri.

parece que vão comprar a massinha, guarda as cenouras, vai para o portão, eduardo está lá, ‘get your journal, sweetie, please.’, envelope para o administrativo, ‘deixa isso aqui, depois eu vejo, tá?’, chega marta podre de sono, pega marta no colo, pai da marta fala sobre sua noite mal-dormida, ‘ela não queria vir’, ‘nem eu’, comenta a coordenadora depois que ele vai embora. sorri de novo. ‘olha quem eu encontroooo!’, diz a mãe da bia, que nem é mais aluna, mas virou uma das suas pessoas preferidas no mundo, ‘amoooor!’, responde ao encontro e ao abraço. pensa que talvez alguém tenha achado a intimidade exagerada. liga o primeiro dane-se do dia. ‘os mortais não entenderiam’, justifica.

chega outro e outro, e outra e outra e outro. ‘how many? one, two, three, four, five, six. cookies, you can go to P. E.’. correm para a quadra, teacher lymda [a assistente linda] os acompanha. journals, responde um recado, [ih, esse tem que esperar], [não esquecer do envelope do dudu, não esquecer do envelope do dudu, não esquecer do envel…]. chega uma, chega outra, chega mais uma, ‘hoje sai o DVD do frozeeeeeeen!’, [saco, não assistiu frozen até agora], ‘really? that’s so coool!’, a menina ama frozen, fofa, corre pra quadra, agenda, mochila, chega mais três de uma só vez, ‘run, girls, it’s P.E.’, se dão as mãos e vão, as três. [coisa mais linda da teacher!]. separa as mochilas, quem vai ao meio-dia, quem fica à tarde, ‘que horas são?’, separa as agendas em escrever e não escrever. chega o augusto com a mãe, ‘augusto tá roendo as unhas’, ‘eu percebi’, conversa sobre as unhas roídas do augusto.

mostra recado-treta-mas-a-treta-não-é-dela para a coordenadora, coordenadora diz para responder assim e assado. faz cara de ódio do mundo de novo [hoje ela tá que tá], sorri. vai até a quadra, ninguém se machucou, [estamos há um dia sem acidentes, nosso recorde é um dia], ‘let’s choose the helper, guys?’, andam para a sala, cantam, conversam sobre algum assunto que, agora, já não se lembra qual foi. ‘everybody sitting down, please’, separa-os em grupinhos para beber água e fazer xixi, teacher lymda lá fora, ‘can you stop running, dudu?’, ‘DUDU, can you stop running? AUGUSTO, can you stop running after dudu, please?’. vai um, vai outro, volta um, volta outro, ‘augusto, go sit next to someone else, please.’, águas bebidas.

‘let’s choose the helper?’, escolhe quem vai ser o helper, demoram uma semana para adivinhar. [nice, hahaha]. discute com o ricardo, que não para de falar. ‘ricardo, go help teacher lymda putting the sweatshirts away, bye’, ‘no!’, ‘yes. when you feel like participating, you come back, OK?’ sai ricardo, se sente mal, mas passa logo. ‘laura, sit down, pelase.’, laura continua deitada, marta não quis sentar perto dela, [é o que lhe falta a marta começar a recusar a laura], ‘laura, come here’, laura senta no colo, checam o calendário, chega larissa. ‘good morning, lalá! where were you?’, ‘home’, [uhm, que beleza, hein?] ‘how many? one, two, three, four… sixteen, seventeen!’, faltou uma, tudo bem, ‘TEN DAYS FOR EASTEEEEEER!’, todos celebram, ‘êêêêê’, ‘uhuuuuu’, ricardo volta, ‘can you participate now, cookie?’, ‘yes’, participa até o fim. ‘teacher, o bunny bunny is going to my house’, ‘really? see if he’s going to bring an egg for teacher ju, ok?’, risada geral, ela diz que vai trazer porque já tá lá na casa dela o ovo da teacher ju. [nice].

‘helper, go see if you can go to the portuguese class already’, helper sai da sala, [ai, que amor], continuam conversando sobre a páscoa, ‘tomorrow you’re finishing your easter baskets’, ‘teacher, o bunny bunny gosta de carrot’, ‘that’s true, he loves carrots’, ‘she said yes, teacher’, ‘thank you, helper’. ‘guys, you can go to portuguese class’. levantam, ‘laura, come here’, abraça a laura, ‘have a nice class, sweetie’ [seria hoje o início de tempos sombrios?, se pergunta petrificada]. alguns correm, ‘walking, cookies, walking’, ‘teacher lymda, did you finish everything?’, ‘no, not yet’, ‘it’s ok, thank you, I’ll do it myself’, teacher lymda os acompanha, pega o envelope do dudu, vai até o administrativo, espera o recibo, o recibo demora, escrevem o nome do dudu errado no recibo [a humanidade se separa em quem presta atenção na grafia do nome alheio e em quem o escreve como ‘acha que é’. guerras já devem ter começado pela lógica do ‘acho que é’. ‘acho que é um míssil’, ‘VISH, não, era uma bomba atômica, malz aí, gente’], grampeia o recibo na agenda com o nome errado mesmo, desce, faz xixi, pega um copo d’água, lembra de ir ver se alguém comprou a massinha da pritt depois de terminar as agendas.

senta. quando vê, são 9h17.

 

* os nomes das crianças são fictícios e o nome e localização da escola jamais são mencionados neste blog por questões de proteção à intimidade.

Anúncios

Uma opinião sobre “hoje

comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s