procura-se um amor que goste de crianças

estava eu na minha sala escrevendo em dezoito agendas [simplesmente a parte mais insuportável de ter muitos, muitos alunos] quando a beatriz, minha ex-aluna e atual bff, entra na sala >

– oi, teacher!

– oi, bia!

– o que você tá fazendo?

– escrevendo nas agendas, e você?

– eu vim beber água! [o bebedouro fica em frente à minha sala, o que de tempos em tempos me dá a impressão de que eu estou no sambódromo e a mangueira tá entrando na avenida]

– entendi. ô, bia! teu aniversário tá chegando, né? que dia é? 16?

– dia 13. o seu também, né? que dia é?

– dia 7.

– quantos anos você vai fazer, teacher?

– 27.

– você é adolescente?

– hahahaha [interessante você perguntar isso, bia, porque um dos traços essenciais da minha geração é o prolongamento indefinido da adolesc…] não, bia, sou adulta.

– ahhhhhhhhh! então você tem noivo!

– que?!

– adulta tem noivo!

– HAHAHAHAHAHA pois é, bia, mas eu sou adulta e não tenho noivo, acredita?

– hahahaha que engraçado.

– naquelas, né?

– preciso ir! tchau, teacher!

– tchau, bia!

 

* os nomes das crianças são fictícios e o nome e localização da escola jamais são mencionados neste blog por questões de proteção à intimidade.

Anúncios

3 opiniões sobre “procura-se um amor que goste de crianças

comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s