as tais filosofinhas

e fez-se o filosofinhas!

no início deste ano eu comecei a contar histórias que aconteciam com os meus alunos no meu perfil no facebook: eram histórias engraçadas sobre episódios do nosso cotidiano e sobre as coisas incríveis que crianças fazem e falam.

de repente, aqueles posts começaram a fazer sucesso, meus amigos me pediam para contar mais histórias e pessoas com quem eu mal tenho contato [mas é “amigo” no face, enfim, aquela coisa toda] vinham me falar que adoravam os posts sobre as crianças.

o ‘filosofinhas’ é uma tentativa de salvar todo esse conteúdo antes que ele se perca no submundo da timeline e de levar essas histórias para mais pessoas. são testemunhos e reflexões minhas sobre a vida que eu compartilho com crianças de quatro anos, the world famous ‘patotinha’.

essa patotinha me alimenta e cuida de mim tanto quanto eu cuido deles. eles me fazem rir, me irritam e me fazem chorar num só tempo. são tímidos e espalhafatosos, felizes e tristes, legais e chatos, assim como você e eu.

existe um momento na convivência com uma criança que funciona mais ou menos assim: ela precisa de ajuda para fazer alguma coisa. ou está triste, se sentindo mal, sozinha. você, o adulto, se propõe a estar com ela naquele momento, faz o que precisa ser feito e a questão é resolvida, pelo menos, temporariamente. nesta hora, a criança olha nos seus olhos com olhinhos de satisfação, de orgulho, de calma. também nesta hora, o mundo ao seu redor derrete e tudo que existe é a troca de olhares mais humana que você experimentará na vida.

eu me viciei neste momento e, de alguma forma, o vivo todos os dias. é para ele, ou por causa dele, que estas histórias existem. bem-vindos. 🙂

Anúncios

8 opiniões sobre “as tais filosofinhas

  1. Que delicia isso!!!…Me fez lembrar de quando eu tbm trabalhava com os pequenos em uma “escola rica” (sua descrição das babas e das babas que ficam quando as babas estão de férias…perfeito)…suas palavras fizeram as lembranças voltarem e as cenas se repetiram na minha cabeça…era exatamente assim….as crianças são fenomenais…quantas saudades!..Obrigada por esse momento….ganhou uma seguidora. Beijos

    Curtir

  2. Alguém compartilhou seu último post no FB, vim ler e… fiquei apaixonada. Tenho uma filha na universidade, mas acompanhei muito quando ela estava na pré escola. Acho essa fase da vida fascinante, e do jeito que você escreve estou achando mais ainda. Vai ser bom acompanhar o que acontece ‘do outro lado’ 😀

    Curtir

comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s